Deixe um comentário

Missão Integral – O que é?

A Missão Integral é um termo designado para definir uma série de conceitos a serem absorvidos por uma congregação ou indivíduo que deseje viver uma nova realidade entre Cristianismo e Sociedade. A Missão Integral tem como objetivo assemelhar-se aos passos de Jesus no ponto de vista social, levando uma vida que reflita a glória de Deus em todos os sentidos e, assim, leve os outros ao Senhor através do exercício do amor.

A célula, como parte da igreja atuando mais diretamente na sociedade, tem a obrigação de se envolver com a Missão Integral e desenvolver atividades e hábitos que façam a diferença no meio em que se localiza. Uma célula precisa impactar a realidade à sua volta, sendo Sal da terra e Luz do mundo para os perdidos que precisam de salvação.

Eu destacaria três pontos fundamentais relativos à Missão Integral a serem desenvolvidos na igreja e na célula: A Responsabilidade Social, a Consciência Ambiental e a Pluralidade Cultural. Esses três aspectos juntos, constituem uma dinâmica de convívio e influência na sociedade de forma a impactar qualquer um, desde os mais sensíveis ao evangelho, aos que apresentam clara resistência aos ensinos e à Palavra de Deus.

A responsabilidade Social é a característica mais marcante na Missão Integral e assim também deve ser na Célula! Estamos inseridos em um mundo que clama por salvação, mas que, antes disso, também clama por comida, afeto, saúde, um lar e respeito. Não adianta simplesmente pregar o evangelho enquanto a barriga ronca mais alto do que a Voz da Verdade! Não que o evangelismo por si só seja ineficaz, mas mesmo Jesus se compadecia dos famintos e os alimentava. O Mestre ainda aproveitava-se destas oportunidades para revelar a Palavra e proclamar a Salvação.

A Consciência Ambiental aparece uma vez que temos a responsabilidade dada por Deus de cuidar deste mundo, revelada inicialmente a Adão ainda no Jardim do Éden. Toda a terra seria sujeita ao homem. Devemos gerir bem os recursos naturais que são dados por Deus para que haja mantimento para toda a humanidade. Além disso, como igreja devemos dar exemplo ao cuidar das belezas e maravilhas que Papai nos deu gratuitamente confiando que haveria preservação.

Já a Pluralidade Cultural representa a inserção da igreja no contexto em que ela se encontra. Não vamos confundir isto com se conformar com o mundo! Sendo que o mesmo deve ser mudado pela nossa presença e não nós nos adequarmos às suas sujas realidades. Devemos aproveitar as representações culturais e riqueza regional para fazer do evangelho mais próximo da massa. Se em pentecostes cada um que ouvia podia entender a mensagem em sua própria língua e era impactado. Hoje somos conclamados a anunciar as Verdades imutáveis do evangelho através da língua ao nosso redor, utilizando da arte e das características contextuais para que a mensagem seja completamente entendida.

Células inseridas na sociedade, fazendo a diferença e deixando que suas atitudes falem mais que suas palavras podem transformar o mundo! Jesus nos ensinou que seríamos conhecidos como Seus discípulos ao viver o amor uns pelos outros… É hora de viver esse amor e deixar que Deus seja glorificado em nós, mesmos nas coisas mais simples, para que sejamos a manifestação do Rei em tudo o que fizermos! Amém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: